0,23%

O número de empregos formais registrados no mês de outubro cresceu 0,23% em comparação com o mês de setembro deste ano, segundo dados divulgados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), nesta quinta-feira (21). De acordo com o Ministério do Trabalho, foram 94.893 empregos gerados neste período, o que aponta um maior dinamismo no mercado de trabalho formal.
O total de admissões no mês de outubro de 2013 atingiu 1.841.106 e o de desligamentos alcançou 1.746.213, ambos os maiores para o período. No acumulado do ano, o emprego cresceu 3,70%, representando o acréscimo de 1.464.457 postos de trabalho. Nos últimos 12 meses, o aumento foi de 1.036.889 postos de trabalho, correspondendo à elevação de 2,59%.
O desempenho favorável do mês de outubro é explicado pela expansão de seis, dos outros setores de atividades econômicas, com cinco deles evidenciando saldos superiores frente a outubro de 2012, Os principais setores responsáveis pela geração de empregos em outubro foram Comércio (52.178), Serviços (32.071) e Indústria de Transformações (33.474), este último com destaque por ter apresentado o melhor resultado dos últimos três anos. No setor da Agricultura, por motivos sazonais, houve uma perda de 22.734 postos e a Construção Civil registrou uma redução de 2.152 postos.
Em termos geográficos, todas as grandes regiões do país expandiram o nível de emprego, com quatro apontando para dados superiores ao verificados no mesmo período de 2012. No Nordeste foram gerados 40.334 postos, com destaque para o terceiro maior saldo para o período. Na região Sul foram 29.793 postos, no Sudeste 15.789, no Centro-Oeste 1.666 (melhor resultado da região nos últimos três anos) e no Norte com 1.590 postos.
Na análise por estados Alagoas apresentou um aumento de 4.65% em relação ao mês de setembro, com a geração de 15.953 postos de trabalho. Em seguida estão os estados de São Paulo, com 12.854 postos e Santa Catarina, com 12.050 postos.
Entre as vinte e sete Unidades da Federação, vinte e uma delas elevaram o nível de emprego, com três registrando recorde, cinco apontando o segundo maior saldo e uma registrando o terceiro melhor desempenho. Os destaques positivos foram: Alagoas, com 15.953 postos saldo recorde, devido às atividade relacionadas ao complexo sucroalcooleiro, São Paulo: +12.854 postos e Santa Catarina: 12.050 postos, saldo maior que o verificado em outubro de 2012 (8.969 postos).
Além de Alagoas, os dois estados que mostraram desempenho recorde para o período foram: Sergipe 4.993 postos e Mato Grosso: 1.049 postos. Os principais estados que obtiveram o segundo melhor resultado para o mês de outubro foram: Ceará (6.789 postos), Maranhão (3.563 postos), Piauí (2.604 postos), Mato Grosso do Sul (2.302 postos ) e Tocantins (795 postos ). O estado que obteve o terceiro melhor resultado foi o Amazonas (4.440 postos) .
De 2011 a outubro de 2013 o Ministério do Trabalho já registrou mais de 4,854 milhões de postos de emprego.
Assessoria de Comunicação Social/MTE

Comentários