Long Bong Surf Ponte

Neste feriadão da República os amantes do surf puderam conferir um verdadeiro show de manobras radicais protagonizado pelos melhores atletas do Ceará e de outros estados que compareceram à Ponte Metálica para disputar o Long Bong Surf Ponte, etapa que ganhou status de tradicional no calendário do surf cearense.
Na disputa 12 títulos e os destinos de muitos que apostam suas vidas no esporte. E o grande campeão da principal categoria do evento, a Profissional, foi o atleta local da Praia do Futuro, Adilton Mariano. No sábado ele já havia mostrado que estava em sintonia com as ondas da Ponte Metálica. Mas, foi no último dia da competição que Adilton apresentou todas as suas armas. Na semifinal conquistou uma virada sensacional nos segundos finais da bateria, tirando das mãos de Pablo Paulino a vaga na final que parecia certa. Depois foi a vez de enfrentar a bateria mais esperada de toda competição, a final. Foi nesse momento que deu pra ver que Adilton estava em uma tarde inspirada. Em sua primeira onda conseguiu uma nota na casa dos sete pontos que o colocou na liderança da bateria. A partir daí ele manteve a liderança, mesmo com o local da Leste Oeste, Thiago de Sousa, fazendo uma nota acima de oito. Por ter cometido uma interferência, Thiago acabou ficando com a segunda colocação. A terceira e a quarta colocação ficaram com Diego Mendes e José Milton, respectivamente.
“Estou muito feliz... Tracei uma estratégia que reflete bem o momento que estou vivendo em minha carreira. Minha intenção foi de diversificar as manobras e buscar variar ao máximo as manobras, por isso, eu dividia a bateria em dois momentos: na primeira metade da bateria eu ficava mais para o Havaizinho da Ponte, depois eu descia um pouco mais. Assim pude aproveitar dois estilos de onda diferente e aumentar a possibilidade de diversificar minha apresentação”, declarou Adilton. E ele ainda completou suas palavras falando como foi sua preparação para essa vitória:
“Venho perseguindo um bom resultado há algum tempo e essa vitória veio em uma hora muito oportuna. Pra mim é uma resposta de que tudo o que tenho feito está dando resultado. Todo o empenho nas surf trips como a do Havaí e a da China e Indonésia, como também o treinamento físico, espiritual e psicológico tem se refletido em um melhor desempenho nas competições e no freesurf”, finalizou o campeão.
Entre os amadores o grande campeão da Open, a principal categoria entre os aspirantes a profissionais, foi o local da Praia do Titanzinho, Rafael Venuto, que surfou muito para superar Thomas Demétrio, Juvemar Silva e Jhone Fran, respectivamente segundo, terceiro e quarto colocados.
“Minha estratégia foi buscar sempre o domínio do pico para pegar as melhores ondas e não deixá-las para meus adversários... Graças à Deus deu certo e agora é só comemorar com minha família e meus amigos”, declarou Venuto.
Entre os mais experientes, melhor para Cardoso Jr. que dominou a Kahuna, Alexandre Rodrigues que extrapolou na Sênior e Rogério Dantas que quebrou tudo na Master.
Já a categoria mais clássica de todas, o grande campeão foi Geraldo Lemos. Considerado um dos melhores longboarders do Brasil, Geraldinho tem se consolidado nessa categoria sendo o cara a ser batido em todas as etapas regionais e locais as quais participa.
Entre os Juniores, o grande vencedor foi o local da Praia do Iguape Luiz Silva, que mostrou um surf agressivo e arrojado para arrancar as maiores notas dos árbitros e levar o título para sua praia, localizada a 50km da Capital cearense.
Na Mirim e na Iniciante o vencedores foram Jannifer de Souza e Matheus Ramos, respectivamente. E na Infantil o grande vencedor entre os meninos foi o pequeno Thiago Eduardo, com Juliana Sousa faturando entre as meninas.
Long Bong Surf Ponte: Mais que um campeonato, um festival de surf
Durante três dias os cearenses e os muitos turistas que passaram pela Ponte Metálica, um dos principais pontos turísticos do estado do Ceará, tiveram a oportunidade de vivenciar o melhor da cultura surf. Manobras radicais, protagonizadas por alguns dos principais atletas do Nordeste e do país, concurso de beleza, com direito a beldades amantes do surf e muita Surf Music, com a Banda Maverick, em um verdadeiro festival.
Para muitos dos presentes a Ponte Metálica é um verdadeiro patrimônio cultural do surf cearense e o retorno dos campeonatos ao tradicional pico alencarino mantém viva a cultura, a memória e a história do esporte que, apesar de ter ficado dez anos afastado de um de seus principais berços, retorna para reclamar o seu lugar de destaque no cenário regional do esporte dos reis polinésios, como explica Amélio Júnior, presidente da Federação de Surf do Ceará:
“Em nenhuma outra praia o público fica tão próximo dos atletas. Na Ponte os fãs estão praticamente ao lado de seus ídolos, fazendo com que os competidores assumam o merecido lugar de destaque. Além disso, a Ponte Metálica sempre foi uma referência para o surf cearense a nível nacional e ver os tempos áureos do surf cearense se repetindo em uma festival com direito a música, concurso de beleza e show de surf é um privilégio. Viva o surf cearense!”, finalizou o dirigente.
O D’Cofibras Apresenta: LONG BONG Surf Ponte contou com Patrocínio de LONG BONG Surf Wear, Governo do Estado (através da Sesporte) e Prefeitura de Fortaleza. Apoio: Pranchas Coopsurf, Teccel, Procopy, Pirata Bar, Hotel Litoral, Red X e Reggae Club. Realização: Top 16 Promoções e Federação de Surf do Ceará.
(George Noronha)

RESULTADOS


Profissional

1º Adilton Mariano

2º Thiago de Sousa

3º Diego Mendes

4º José Milton




Open

1º Rafael Venuto

2º Thomas Demétrio

3º Juvemar Silva

4º Jhone Fran




Junior

1º Luiz Silva

2º Rafael Tigrão

3º Jhone Fran

4º Deyvison Santos




Kahuna

1º Cardoso Junior

2º Marcos Aurélio

3º João Carlos

4º Jorge Gringo



Sênior

1º Alexandre Rodrigues

2º Juvemar Silva

3º Sérgio Ricardo

4º Rogério Dantas




Master

1º Rogério Dantas

2º Alexandro Nogueira

3º Sérgio Ricardo

4º Flávio Sukita




Longboard

1º Geraldo Lemos

2º Demétrio Santos

3º Quest Silva

4º Marcelo Bibita




Open Feminino

1ª Yanca do Santos

2ª Yanca Costa

3ª Thais Moraes

4ª Juliana Sousa




Mirim

1º Jannifer de Souza

2º Davi Sobrinho

3º Eugênio Alves

4º Ronaldo de Souza




Iniciante Masculino

1º Matheus Ramos

2º Cauã Costa

3º Mathias Ramos

4º Raoni Ribeiro




Iniciante Feminino

1ª Juliana Sousa

2ª Yanca Costa

3ª Letícia Cavalcante

4ª Ariane Gomes

5ª Raíssa Souza




Infantil

1º Thiago Eduardo

2º Lucas Bezerra

3º Cauã Costa

4º Cauã Lima

Comentários