Sonora Brasil

Originado no município de Antônio Cardoso, interior da Bahia, o grupo “Raízes do Samba de Tocos” mantém viva a tradição da manifestação do samba de roda. A partir da próxima terça-feira (12), o Sesc Ceará recebe apresentações do grupo, dentro do circuito Norte, Nordeste e Centro-Oeste, da 16ª edição do projeto Sonora Brasil.
Juazeiro do Norte será a primeira cidade a receber o grupo, que se apresenta no dia 12. Em seguida, o grupo realiza show no Crato (13), Iguatu (14), Meruoca (16) e Fortaleza (17). A apresentação na capital acontece às 20 horas, no Teatro Sesc Senac Iracema, com entrada gratuita.
Sob a liderança do Mestre Satu, o grupo baiano “Raízes do Samba de Tocos” é formado por tocadores e cantadeiras/sambadeiras que cantam acompanhados com tambores de oca de pau, pandeiros, triângulo e viola. O grupo se apresenta em eventos geralmente de caráter profano e festividades religiosas, principalmente as ligadas a São Cosme e São Damião.
Os integrantes, em sua maioria, são camponeses que vivem na região da antiga fazendo de Tocos, a 30 km de Feira de Santana (BA), tendo como principal atividade econômica a produção agrícola, especialmente o fumo, o milho e o feijão.
Sobre o Sonora Brasil
Idealizado pelo Departamento Nacional do Sesc, o projeto “Sonora Brasil – Formação de Ouvintes Musicais” desenvolve programações identificadas com o desenvolvimento histórico da música no Brasil, e consolida-se como o maior projeto de circulação musical do país, difundindo o trabalho de artistas que se dedicam à construção de uma obra de fundamentação artística não-comercial.
O principal objetivo do projeto é despertar no público um olhar crítico sobre a produção e os mecanismos de difusão da música. Dessa maneira, o Sonora Brasil incentiva novas práticas e hábitos de apreciação musical, promovendo apresentações de caráter essencialmente acústico, valorizando a pureza do som e a qualidade das obras e de seus intérpretes.
Em 2013, o primeiro tema (“Tambores e Batuques” – com foco nas manifestações da tradição oral presentes em comunidades quilombolas, que têm o tambor como um elemento fundamental) circula pelos estados das regiões Centro-Oeste, Norte e Nordeste.
O segundo (“Edino Krieger e as Bienais de Música Brasileira Contemporânea” – que traz à tona a força deste compositor relevante para o desenvolvimento da música no Brasil), segue pelos estados das regiões Sul e Sudeste.
Nesta primeira etapa, os oito grupos musicais realizarão 450 concertos, em 128 cidades brasileiras. E, em 2014, procede-se a inversão dos temas para que concluam o circuito nacional.
Apresentações “Raízes do samba de Tocos” (BA)
Dia 12
Local: Estacionamento da Unidade Juazeiro do Norte (R. da Matriz, 227)
Horário: 19h
Dia 13
Local: Unidade Crato do Sesc (R. André Cartaxo, 443)
Horário: 19h
Dia 14
Local: Iguatu - Teatro Sesc Iguatu (Rua Treze de Maio, 1130)
Horário: 20h
Dia 16
Local: Meruoca – Auditório do Centro de Feiras e Eventos
Horário: 19h30
Dia 17
Local: Fortaleza – Teatro Sesc Senac Iracema (R. Boris, 90 – Praia de Iracema)
Horário: 20h
Gratuito
Informações: (85) 3464.9322

Comentários